2.7.10

Para curar meu coração de torcedora brasileira, nada melhor do que uma boa festa gay, como as do Pride Parade, em Toronto

Nem sei como estou conseguindo escrever, portanto, perdão adiantado se alguma coisa não fizer sentido. São as lágrimas de torcedora brasileira, sofredora, atrapalhando a visão…cheesy mas verdadeiro.

O negócio vai ser mesmo me jogar numa das baladas gays que estão fazendo Toronto ferver. A parada gay, que está comemorando 30 anos - mas com corpinho purpurinado de 20 - só acontece no domingo, dia 4, mas o Pride Week vai além disso, com um calendário de festas, jantares beneficentes para causas de inclusão, exposições de artes e muita comida boa. As festas do Gladstone Hotel estão entre as as melhores da cidade.


Entre amanhã (sábado) e domingo, dia 4, restaurantes locais estarão com suas tendas em diversos pontos da Gay Village e também no Queen’s Park. Uma boa oportunidade para provar as iguarias de chefs renomados, como Susur Lee.




Quando estiver à beira de cantar “Bebeu água? Não! Tá com sede? Tô! Olha, olha, olha, olha a água mineral, água mineral, água mineral…” é hora de correr para o Free Zone, no parque Paul Kane, entre a Church e Wellesley, e recarregar a bateria num ambiente onde bebida e drogas não entram. Se é assim, acho que não vai ter telão com a reprise do jogo de hoje...

Um comentário:

  1. Support Toronto Woot!!

    www.torontotourismboard.com

    ResponderExcluir